Resenha - A Casa das Orquídeas - Lucinda Riley

Sinopse - A Casa das Orquídeas - Lucinda Riley.
 
  Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações.
 Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park…
 E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.




 A Casa das Orquídeas, como a maioria dos livros não tem um inicio tão interessante assim, o meu problema com ele foram algumas pontas soltas, um pouco de mistério desnecessário em torno de um assunto um tanto irrelevante. E confesso que isso me fez pensar em abandonar o livro, pois ele esta começando a me entediar. Mas, acabei optando por continuar com a leitura e não me arrependo. 

 Os últimos capítulos do livro fizeram valer a minha escolha. São muito instigantes e capazes de nos proporcionar muita emoção a medida que a estória vai se desenvolvendo. 

 Vale ressaltar que a autora escreve em terceira pessoa, o que talvez assim como a mim, não agrade muitas pessoas. Pelo fato disso nos fazer sentirmos à parte  da estória. Porém, a autora descreve as situações e os personagens com uma riqueza de detalhes tão grande, que o leito acaba se sentindo parte daquilo e se envolve completamente com o livro.
          
 Talvez esse tenha sido uns dos livros que mais me surpreendeu. Pra quem quer uma leitura diferente nessas férias, A Casa das Orquídeas é o livro perfeito pra isso. 


Classificação:

10 comentários:

Máh disse...

Oie!

Esse livro é realmente ótimo!

Vim aqui te convidar para um Book Tour que estou organizando, com o livro "A culpa é das estrelas". Caso você se interesse, é só dar uma olhada nessa postagem:

http://stormofbooks.blogspot.com.br/2013/01/book-tour-culpa-e-das-estrelas.html

Beijos!

Máh - Storm of Books.

Anônimo disse...

Olá,

Poxa, acabei de ler esse livro...gostei bastante...porém, senti uma falha nele...a meu ver grande...

Ná pagina 471 e 472 há menção no fato das autoridades francesas terem informado a Julia sobre o encontro de ossos aparentemente de uma criança de 2 e tbm de ossos adultos perto do carro, que devido o fogo ter removido os traços de DNA não havia possibilidade de reconhecimento...porém fica claro que embora não houvesse o reconhecimento do DNA os ossos de criança e adulto foram encontrados no lugar. Quando Xavier retorna não há nenhuma descrição de quem seriam os ossos adultos. :(
Fiquei um pouco decepcionada..pois imaginei que haveria alguma explicação para esse fato no decorrer da história..mas não há nenhum.

Vcs tbm repararam nesse detalhe?

Abraços,
Aline

Tairles Maia disse...

Então Aline, eu prestei atenção a este detalhe sim. Também fiquei chateada com isso, essa foi uma das pontas soltas da autora, o que eu considerei um dos seus erros.

Anônimo disse...

Pois é...que chato Tairles...o livro em si é excelente e bem escrito...mas achei um erro grotesco por ser um livro tão vendido.

Tairles Maia disse...

Acho que nem todo mundo prestou atenção a esse "detalhe". Mas há motivos pro livro ser tão vendido.

Luma P.S. disse...

Gostaria de ler esse livro, mas é bom realmente? Vale a pena comprar sem se arrepender?
Obrigada
Booksandmarshmallow.blogspot.com

Fernanda Valentim disse...

O livro é muito bom ... Tanto que mesmo trabalhando eu consegui ler as 560 paginas em três dias ... e realmente as autoridades francesas acham esses ossos , acredito que possa ser um erro de tradução.. não gostei muito da tradução ,, gosto muito de romances e esse me encantou pela elaboração dos fatos mostrando a força do destino ... GOSTEI MUITO... Na minha opinião o que deixou um pouco a desejar foi a tradução ... no mais um dos melhores romances que eu li e olha que eu leio muito um a dois livros por semana... fica a dica vale a pena ler ...

Tairles Maia disse...

Luma, o livro é muito bom sim, e vale a pena lê-lo.

Gabriela disse...

Ha, você leu A Casa das Orquídeas *---*
Esse é um dos livros mais perfeitos que eu já li, e é realmente bem difícil de resenhar, mas você fez isso muito bem! Vontade de sair correndo pegar meu livro para reler rs.
Também não achei que fosse me surpreender tanto esse livro, na verdade nem tinha expectativa nenhuma sobre ele, nem conhecia direito, mas é lindo demais. E não tem como escolher qual das histórias é melhor, elas são como uma só, não dá para separar. Para quem não leu, olha aqui: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/A-casa-das-orquideas
Adorei a resenha,

beijos,
Vivi

Elaine Souza disse...

Eu li, há um ano, uma resenha sobre esse livro e foi ela que me induziu a comprá-lo, mas daí eu acabei guardando e guardando até chegar janeiro desse ano (eu acho) foi quando eu finalmente peguei pra ler. E eu só tenho uma coisa a dizer: foi uma das melhores coisas que eu já fiz. O livro é exatamente como você disse, aliás, escreveu muito bem sobre um livro que eu acho completamente difícil de falar, HAHAHA. O livro é incrível e é realmente, Olivia foi quem mais sofreu... para os curiosos, recomendo que o baixem primeiro para dar uma olhada:
http://portugues.free-ebooks.net/ebook/A-casa-das-orquideas

Ótima resenha!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...