Resenha #4 - A Fúria dos Reis - George R.R. Martin

Sinopse: Um cometa da cor do sangue e fogo atravessa o céu. E a partir da cidade antiga de Pedra dro dragão às margens proibidas de Winterfell, reina o caos. Seis nações lutam pelo controle de uma terra dividida e pelo Trono de Ferro dos Sete Reinos, preparando-se para o embate através de tumulto, confusão e guerra. É um conto em que irmãos conspiram contra irmãos e os mortos se levantam no meio da noite. Neste lugar uma princesa se disfarça como um garoto órfão, um cavaleiro espiritual prepara um veneno para uma feiticeira traidora, e homens selvagens descem das Montanhas da Lua para devastar o campo de batalha. Com um pano de fundo de incesto, alquimia e assassinato, a vitória pode chegar aos homens e mulheres possuidores do aço mais frio… e corações mais gelados. Quando há um confronto entre reis, toda a terra treme. 

Resenha de A guerra dos tronos Clique Aqui
No segundo volume de Crônicas de Gelo e Fogo, A Fúria dos Reis não deixa a desejar. Da mesma forma que o livro anterior nos surpreendeu, este me surpreendeu ainda mais. Com momentos de romance, ação, lutas, humor... Todos eles bem distribuídos entre cada personagem, George R. R. Martin Sabe muito bem como encerrar cada “capítulo” com um desfecho que nos deixa super ansiosos para voltar a ter aquele personagem como protagonista. Se você sabe o que é ler um livro de 624 páginas em 5 dias você bem deve saber de como ele foi incrível pra mim. Os aspectos que mais gostei no livro foram as evoluções dos personagens, tanto na sua força como em personalidade. E também a forma de como a magia está chegando na estória, bem lenta e sutil, e não com todo aquele pisca pisca de feitiços. Só pra explicar melhor esse aspecto da questão da magia, no primeiro livro não víamos qualquer magia viva, só traços de um grande poder já arruinado. No segundo livro, a magia começa a ter parte no livro, mas com uma sutileza que aponta que o terceiro vai ser bem quente nesse ponto.
Foram incorporados mais dois personagens como protagonistas nesse segundo livro, Theon Greyjoy, o protegido de Eddard Stark, que passa a ser vassalo de Robb na guerra, mas que tem planos terríveis pelas costas de Robb. E Sor Davos , que é vassalo de Stannis Baratheon, irmão do antigo rei Robert, e que planeja tomar o reino para sí.
Nem preciso dizer a veracidade com a qual eu lí esse livro, já que quando acabei de ler o primeiro não conseguia sequer outro livro de tão ansioso que estava. Fico aqui me perguntando o que eu vou fazer quando acabar o terceiro livro, o que eu vou fazer da minha vida já que não sei ler em inglês.
Adorei o livro, e ambos entraram pro meu top de melhores livros com certeza.

Aspectos negativos: Sinceramente, não consegui achar nenhum.
Aspectos Positivos: Esse lance da magia estar ressurgindo foi genial, o autor não empurrou feitiços, mágicas e afins de uma só vez no leitor, ele está colocando-a pouco a pouco, o que nos deixa muito ansiosos pra saber como isso vai suceder no terceiro livro. E também a evolução dos personagens é fantástica e bem arquitetada como o próprio livro, sem exageros, e ações que condizem as personalidades de cada personagem.

Bom, eu nem preciso dizer o que se encontra nesse livro, se você já leu o primeiro volume sabe muito bem o que vai encontrar , só que melhor...
Espero que tenham apreciado a resenha , Até a próxima leitores! Abraços!

1 comentários:

Fábrica dos Convites disse...

Infelizmente não li nenhum dos volumes, e não é por menos que estou louca para conhecer a série. Bjs, Rose.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...