Resenha Métrica(Slammed 1) - Colleen Hoover

Editora: Galera
Páginas: 299
Skoob: Métrica
Classificação: 5/5


Sinopse: "O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor. " 

Nossa, nem sei por onde começar. Esse livro me surpreendeu de várias maneiras a começar pelo motivo a comprá-lo, quer dizer, eu já tinha ouvido falar nele, visto algumas resenhas, pensei que seria um livro de romance e poesia e que seria legal para passar o tempo, não dei muitas expectativas para ele e foi ai que me enganei.
Layken, é uma garota que está passando por mudanças, seu pai morreu e a mãe, por conta de dívidas com a hipoteca da casa, decide se mudar para uma cidade do Michigan. Ela odeia a ideia de se mudar, deixar os amigos e o colégio no último ano, como qualquer outra garota odiaria, mas ao chegar à pequena cidade de Ypsilanti olha quem ela encontra como vizinho?! O lindo e charmoso Will Cooper. Seu irmão de 9 anos Kel arranjou um novo amigo, que era justamente o irmão menor de Will, Caulder.
Não parece mais que ela vai odiar tanto assim Michigan não é mesmo?!Logo de cara, ela sente uma conexão inexplicável pelo novo vizinho. Will a convida para sair e ela aceita.
O encontro é maravilhoso e totalmente diferente de encontros normais. Ele a leva para esse Club N9NE e Lake descobre o prazer e a emoção que é assistir alguém declamar uma poesia, Will a leva a um concurso de Slam, onde acontecia um tipo de competição de poesias todas as quintas. Eles passam o resto da noite juntos, ele a deixa em casa e tudo que ela consegue pensar é em como as coisas estavam melhorando na vida dela. Mas tudo que é bom dura pouco, um pouquinho até demais no caso dos dois.
A realidade literalmente lhe bate a porta na cara quando ela vai pra o primeiro dia de aula na escola nova e encontra Will por lá.

“ As palavras dele fazem com que eu me encolha, pois sei que,no fundo, ele tem razão.Neste momento, não sou mesmo capaz de compreender como deve ser ter o coração partido de verdade. Se eu sentir uma dor um por cento mais forte que a que já sinto agora, abdico do amor. Não vale a pena.” PAG 76


Eles não podiam ficar mais juntos e aquilo levou toda a esperança, de recomeçar de Lake, por água a baixo. Como se não fosse doloroso o suficiente ter que se manter distante dos sentimentos que a aproximam de Will, tendo que por como prioridade os motivos que os separam, Lake se vê envolvida em mais um drama familiar em que ela precisa se manter mais forte ainda quando tudo dentro dela está desabando. 

“  É incrível o tanto de lágrimas que uma pessoa só pode produzir, na noite após a morte do meu pai, chorei tanto que comecei a ficar paranóica achando que aquilo estava fazendo mal aos meus olhos, então fiz uma busca no Google: Pesquisei ‘Uma pessoa pode chorar demais?’. Aparentemente, após um período de tempo todo mundo acaba pegando no sono e parando de chorar. Então a resposta era não, ninguém pode chorar demais. “ PAG 188


O livro se foca principalmente em como eles vão conseguir esquecer um ao outro e ainda lidar com os problemas e responsabilidades para com suas famílias. Não posso esquecer de falar da Melhor Amiga de Lake, Eddie(louca) e seu namorado Gavin que é um fofo! Eles são ótimos amigos que a ajudam a superar. O livro é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Não sei se estou exagerando, mas eu realmente gostei! Desculpe a sinceridade, algumas pessoas vão me matar ao ler isso, mas acho que chega a superar a A Culpa é das Estrelas. Vocês vão rir e chorar e rir de novo. Esse livro foi surpreendente para mim, espero que seja assim pra vocês também e consigam se apaixonar pela poesia como eu fiz. Estou ansiosa para ler a continuação da série Slammed em Pausa.

“Este ano levei a maior lição
De todo mundo
Do meu irmãozinho...
Dos Avett Brothers...
Da minha mãe, da minha melhor amiga, do meu professor
Do meu pai,
E
De
Um
Garoto.

Um garoto por quem estou seriamente, profundamente, loucamente, incrivelmente, e inegavelmente apaixonada.”

1 comentários:

Bruno Allison disse...

Gostei da sua resenha muito bem elaborada, achei a história do livro interessante, embora não goste muito do estilo romântico, mas confesso que as vezes bate uma curiosidade e leio um romance.


P.S. Tá havendo um sorteio de um livro no meu blog, caso se interesse e se não a incomodar, gostaria que divulgasse aqui no seu blog.
http://mundonerdseotakus.blogspot.com

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...